Quem sou eu

Minha foto
guaruja, sao paulo, Brazil
apenas uma amante do belo e inusitado,que gosta de estar sempre integrada a novidades uma pessoa feliz que ama a natureza e principalmente a tudo que tem relaçao com artes ,enfim adoro o calor humano.

terça-feira, 26 de julho de 2011

CONTO

Conto os lírios, conto as floras. Conto às virações da natureza que se estendem claras até rebelar-se com escuras nuvens escondendo estrelas. O girassol repousa apressadamente perante as reflexões que transbordam por entre meus dedos. A ansiedade arranca-me a sonolência e faz com que todas as horas, em todos os cômodos, em todos os campos, sejam voltados os meus pensamentos para composições que ainda não nasceram, mas que haverão de surgir na mesma euforia que o tempo assim tem feito para com o mundo. Ligeiro fiz um texto em meu espaço paralelo, e dele duplicaram-se as virgulas e parágrafos. E quando me dei por conta, já perdi contagem, por tantos contos quanto não contos, tão bem ditos quanto lidos, muitos deles concisos, distorcidos, lógicos, óbvios. Resumindo tão somente por serem simples como a vida assim é. E assim concluo que não há mistérios na simplicidade, e dela só aprendemos, e quando aprendo, faço um conto. 
 
post de Daniel. blog do arcanjo

PIMENTA

Próximo ao jardim, a primeira vista, um fascínio esculpido pela natureza. Formosura sem igual, a pele rosada, bem apanhada, doce no olhar, e fervoroso na imaginação. É preciso prová-la, ter em mãos, sentir seu aroma.
O sangue esquenta pela primeira vez, perco a lucidez.Embriagado pelo desejo de tocar os lábios e sentir a ardência quem há em sua essência. O ácido enlouquece o paladar, encobre de fervor o corpo, viciado em ti, nenhum sabor ou palavra substitui o seu prazer.Uma paixão cruel e avassaladora, em vermelho tinge os meus olhos, a mente, e o espírito que não se cala, e não se cansa. Apenas quer mais e mais. Os movimentos lingüísticos, flexíveis, lânguidos, beiram ao êxtase absoluto.
O suor é inevitável, a atração mexe com a temperatura, muito além o temperamento, agressivo e insistente, quente o tempero da atração.Fazem dos devaneios o puro néctar do amor, que incendeia, como a brasa em palhas secas, corrompendo os sentimentos, cegando nossas percepções, enquanto ali estiveres presente a hipnotizar com seu charme.
Ouso caminhar até seu encontro diariamente, e neste jogo de sedução, me envolvo no perigo em queimar-me por ultrapassar os limites de sua natureza, ir além do esperado, desfrutando com toda energia, essas maravilhosas pimentas, cujas curvas só me fazem persuadir-la em permitir que eu a devore, mesmo sabendo deste tão belo sonho de verão, resulte em grandes conseqüências, talvez previsíveis no amanhã.

post de daniel .blog do arcanjo

quinta-feira, 14 de julho de 2011

VIVER


Viver é sonhar, decidir, perder ou vencer,
é desistir ou retornar, é crescer sem aparecer,
é uma grande história de amor.

Viver é uma aventura tão louca, cada dia um dia,
cada sorriso, um sorriso, cada pessoa um mundo,
cada passo um risco, cada erro uma oportunidade de aprender.
Viver é sempre demais...

É sempre seguir forte
É sorrir por teimosia ou não disfarçar a alegria.
É ter certeza de que valeu a pena viver.
Assim você será cada vez mais apaixonada pela vida
e descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita
mas é usar as lágrimas para irrigar a tolerância...

Usar as perdas para refinar a paciência
Usar as falhas para esculpir a serenidade
Usar a dor para lapidar o prazer
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência

Jamais desista de si mesmo
Jamais desista das pessoas que você ama
Jamais desista de ser feliz
pois a vida é um espetáculo imperdível...

(Desconheço a autoria)

post de ilana silva

MINHA REALIDADE

Minha Realidade!


Acordei, e vi os lençóis desarrumados
duas taças abandonadas
ainda traziam restos de vinho...
meu corpo ainda queimava
sentindo o seu calor.


Mas, me vi ali sozinha.
então percebi;
"Que havia passado muito tempo"
apenas o cenário ficou,
decorando o quarto abandonado!


Vi as roupas e os sapatos jogados ao chão
as velas estavam apagadas e as rosas tinham murchado
tentei ouvir o barulho do chuveiro
mais foi em vão.


Corri e me olhei no espelho
e vi que o tempo realmente tinha passado
as rugas e olheiras aumentaram
vi-me na realidade total...


Pensei! Deito-me e volto a sonhar?
Pois, é nos meus sonhos que te encontro para amar!
Ou abro a porta da minha realidade
me levanto e acordo de vez?



Post de Iana Silva!

UMA ROSA E SEUS POEMAS

Aprendendo!!!


A dor em mim não quer passar
tentei enxugar as lágrimas e novamente tentar
mas, não fui capaz de superar tanta dor!
Enfim...

Neste meu quarto escuro não há Lua
chove lá fora e aqui dentro desse peito também
o que faço se no meu silencio
esse amor imenso se esconde em mim...?

Preciso me desculpar, parar de me destruir
É que ainda te amo tanto
que esse pranto não seca tão fácil assim
a vida passa lá fora e eu vejo o tempo ir...

Mas, se eu não tenho mais você aqui
Como sorrir sem você por perto
se saio lá fora aqui continua tudo escuro
como passar um dia feliz sem você?!

Se os dias felizes fizeste questão de levar,
levou junto o brilho do meu olhar
E o calor do meu corpo...
Agora sou um barco a deriva junto ao mar!

Estou aprendendo viver sem você
me refazendo... E, lá na frente tem alguém me esperando
E, eu não sei o que fazer...
Só sei que estou aprendendo a viver ser você!

Post de Iana Silva!!!